Pesquisa conjunta CCGI-CEMAP é publicada como Texto para discussão do IPEA

 Pesquisa conjunta CCGI-CEMAP é publicada como Texto para discussão do IPEA

Clique aqui para ver o texto completo

Clique aqui para conhecer as pesquisas feitas no CEMAP.

SINOPSE
Este trabalho visa avaliar os determinantes de longo prazo da taxa de câmbio chinesa,
que apresentou nas últimas décadas uma forte depreciação frente a uma cesta de
moedas e, em paralelo, a acumulação, pelo governo chinês, de crescentes reservas em
moeda estrangeira, seja em termos absolutos ou em termos relativos. O modelo aqui
estimado sugere que a inclusão do nível de reservas em um modelo econométrico
tradicionalmente utilizado para construir medidas de taxa de câmbio de equilíbrio
melhora substancialmente os resultados e que as reservas parecem ter tido importante
influência no nível atual da taxa de câmbio real chinesa. O resultado do estudo coloca
desafios sobre metodologias existentes para cálculo da taxa de câmbio real de equilíbrio
(TCRE), pois exige que cenários para a trajetória de equilíbrio do nível de reservas, uma
variável sujeita à intervenção governamental, sejam traçados para avaliar se e em que
medida há desequilíbrio. O estudo também sugere que, além da posição internacional
de investimento, a composição deste pode influenciar na trajetória de equilíbrio.
Palavras-chave: desalinhamento cambial; taxa de câmbio real efetiva; cointegração.
 
ABSTRACT
This paper aims to evaluate what are the main long run determinants of Chinese real
exchange rate that have depreciated substantially compared to a basket of currencies.
The Chinese government started a process of accumulating foreign reserve in growing
speed measured in absolute or relative terms particularly after 2000. The results of
this paper suggests that the econometric model traditionally used to estimate the
equilibrium real exchange rate is substantially improved by the inclusion of the level
of reserve in the model in the Chinese case. This variable seems to help explaining
the dynamics of Chinese real exchange rate. The result of the paper creates additional
challenges to estimate equilibrium real exchange rate and misalignments due to the fact
that not just net foreign asset position is important to the long run exchange rate but
also its composition might matter.
 
Keywords: exchange rate misalignment; effective exchange rate; cointegration.